28 de ago de 2013

Polícia investiga a hipótese de sequestro de João Rafael


João Rafael Kovalski
A principal suspeita da polícia especializada do Paraná, SECRIDE,  é que o pequeno João Rafael, de  2 anos, possa ter caído em um córrego perto de casa.  O Corpo de Bombeiros vasculhou  o local e não encontraram nenhum vestígio..

Eles também investigam a possibilidade de sequestro, que segundo testemunhas, um desconhecido foi visto  conversando com a criança na porta de casa.

INFORMAÇÕES:

SECRIDE   41 - 3224-6822  ou familiares da criança 41 - 3678-6050 e 41 - 8850-0273


João Rafael,  estava em casa com os pais e avós, na zona rural da cidade de Adrianópolis (PR), quando  desapareceu, na manhã de sábado (24).   


10 Deixe sua opinião :

Eu, mãe de dois filhos, só quero entender como a mãe de um BEBE, deixa ele sozinho.. E se tinha estranho falando com ele, como a mãe permitiu???????????????????????

poxa gente naum e momento de criticar...
tbm sou mae de dois filhos,e entendo a posiçao,mais acima de tudo e um momento de dor e angustia nao e um momento de criticar...
que o senhor JESUS te proteja anjinho..

poxa gente naum e momento de criticar...
tbm sou mae de dois filhos,e entendo a posiçao,mais acima de tudo e um momento de dor e angustia nao e um momento de criticar...
que o senhor JESUS te proteja anjinho..

Concordo contigo werona. Alem do que... Nenhuma mae é perfeita.

eu tb sou mae de duas meninas,acho que não devemos julgar ninguém,pois isso pode acontecer comqualquer pessoa,por mais que a gente esteja de olho criança é um segundo se vc descuidar ,e creio que a pessoa que a sequestrou com certeza já estava rodiando ali a dias e esperou um segundo de descuido e pegou a criança,acho que devemos orar e ajudar no compartilhamento das fotos da criança ao invez de criticar essa mae que esta passando dias de terror,oremos.......

Eu só peço a Deus para que ajude essa família a encontrar o seu lindo filho, com fé em Deus logo ele estará com o pai e a mãe, Eu estou compartilhando, tenho fé em Deus que Vão encontra-lo, eu sou mãe de um bebe me doi ver esse bebe e imaginar ele longe da família dele, imagino também a mae a dor o medo, o desespero, Nossa Deus vai ajuda-los tenho fé. :(

em vez de ir em cima do bandido vai em cima da vitima

Deus vai amparar esse anjo onde ele estiver... Sou de Apiaí e estou aterrorizada de acontecer uma barbaridade dessa em nossa região.

Postar um comentário